You are currently viewing Veículos do transporte escolar de Maceió  são monitorados pelo programa Despoluir

Veículos do transporte escolar de Maceió são monitorados pelo programa Despoluir

Iniciativa tem caráter educativo e busca orientar condutores para a manutenção preventiva dos veículos e será realizada a cada três meses

Para reduzir a emissão de gases poluentes, o programa Despoluir também se juntou a Superintendência Municipal de Transportes e Transito (SMTT) e iniciou o monitoramento de veículos que atuam no transporte escolar em Maceió. Em parceria com a Federação das Empresas de Transporte de Passageiros dos Estados de Alagoas e Sergipe (Fetralse) e com o Sest/Senat.

Na primeira rodada de testes, 32 veículos passaram pelo procedimento, para a aferição da emissão de CO2. O CO2, ou dióxido de carbono é um composto químico gasoso que contribui para o desequilíbrio do efeito estufa do Planeta.

Para Rosinaldo Monteiro, permissionário do transporte escolar, o monitoramento é fundamental para detectar possíveis problemas. “É importantíssimo, porque como a gente trabalha com crianças, temos toda responsabilidade e, claro, se falar de poluente, da questão de saúde isso é bem importante. Esse é um teste mais aprofundado, além de estarmos contribuindo com o meio ambiente esse procedimento nos ajuda com a economia dos combustíveis ao detectar qualquer anomalia que venha a estar no veículo”, contou.

“Quando você tem o acompanhamento do teste de fumaça, você consegue conscientizar o condutor em relação ao meio ambiente e, também, na redução de custos com o próprio veículo. Esse monitoramento contribui para a diminuição de gases e também para a economia com combustíveis”, explicou Rodrigo Marques, técnico ambiental do Despoluir, que realiza o procedimento em Maceió.

O teste é realizado com um equipamento chamado opacímetro que verifica a emissão de CO2, através de dois sensores ópticos que identificam a quantidade de partículas de poluentes que são expelidas pelo sistema de escapamento. Os dados são enviados via bluetooth para um programa que verifica os níveis e atesta se o veículo está aprovado ou reprovado no teste. A partir do resultado, o condutor é orientado a realizar possíveis correções para reduzir a poluição e reduzir a queima de combustíveis. Caso seja aprovado, um selo é fixado no parabrisa do veículo.

“É um trabalho educativo para que a gente saiba como está sendo a evolução do trabalho do escapamento, da poluição de nossos carros, uma questão de educação mesmo para a gente. Com esse trabalho que está sendo feito, temos uma noção de como está o nosso carro. A gente já tem uma facilidade para procurar uma oficina e fazer todo o trabalho de manutenção preventiva”, destacou o motorista e presidente da Associação do transporte escolar de Maceió, Daniel Lobo.

O titular da SMTT, André Costa, destacou que a preocupação com o Meio Ambiente e tornar Maceió uma cidade mais sustentável é uma das diretrizes da gestão. “Esse trabalho já era feito com os veículos do transporte coletivo, esses equipamentos são exclusivos para a medição de emissão de gases poluentes, de veículos movidos a diesel. Então a gente já vinha fazendo com os ônibus e agora também com as vans, com o transporte escolar. Desta forma, a SMTT juntamente com a Prefeitura e os profissionais dessa área e o Sest/Senat, preocupados em tornar Maceió uma cidade mais sustentável”, finalizou.

Sobre o Despoluir

Há 20 anos, o programa Ambiental do Transporte – Despoluir é uma iniciativa da Confederação Nacional do Transporte (CNT) e do Sest/Senat que tem como uma das principais ações, o propósito de melhorar a qualidade do ar, cuidar da saúde dos trabalhadores e estimular o uso racional de combustíveis. Além do desenvolvimento sustentável, o Programa contribui para otimização do uso e a redução de gastos com combustíveis. Em Alagoas e Sergipe, a coordenação local atende diversas modalidades dentro do setor de Transporte. Para maiores informações, ligue (79) 3021-7832 ou entre em contato por e-mail através do despoluir@fetralse.com.br

 

Fotos: Maykson Douglas

Deixe um comentário