You are currently viewing Empresas se reúnem com sindicato dos rodoviários e avançam nas negociações

Empresas se reúnem com sindicato dos rodoviários e avançam nas negociações

O Sindicato das Empresas de Transporte Urbano de Passageiros de Maceió (Sinturb) se reuniu nessa quinta-feira (03) com representantes do Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviário no Estado de Alagoas (Sinttro-AL) para iniciar as negociações da data-base de 2022.

Na ocasião, as duas entidades decidiram iniciar as conversas por cláusulas que não tratam diretamente de valores, já que qualquer eventual aumento depende de uma resposta da Prefeitura de Maceió em relação a subsídios ou reajustes na tarifa. Neste primeiro encontro, a classe patronal apresentou sugestões de mudanças em cláusulas, com o intuito de beneficiar tanto os rodoviários como as empresas, tentando trazer mais clareza para ambas as partes no entendimento de algumas questões.

De acordo com o presidente do Sinturb, Guilherme Borges, é preciso lembrar que as empresas conseguiram, com muito esforço, a garantia dos direitos dos trabalhadores mesmo durante os momentos mais pesados da pandemia de Covid-19. “Superamos 2020 e 2021 sem nenhuma greve, honrando os compromissos mesmo com sérias dificuldades financeiras decorrentes da pandemia. Pagamos os salários em dia e não deixamos de pagar plano de saúde nem tíquetes-refeição”, explica o presidente.

Em 2020, o sindicato dos rodoviários concordou com a manutenção dos valores salariais, em virtude de uma queda de cerca 70% no faturamento do setor de transporte público, agravada pelas medidas sanitárias de distanciamento e redução de passageiros nos ônibus, período em que também foi necessário realizar investimentos em sanitização dos veículos e dos terminais, procedimento que é realizado até hoje.

Além disso, as empresas ainda pontuam que reajustes constantes nos preços do diesel e de insumos, como peças e pneus, seguem fragilizando o setor. “Já tivemos reajuste em 2022, e somente de janeiro de 2021 até o início de fevereiro deste ano, o diesel já subiu 78,71% nas refinarias, e um dos principais setores afetados é o de transportes”, completa Borges.

Os representantes do Sinttro levaram os pontos apresentados para debate entre a categoria, e ainda na primeira quinzena de março uma nova reunião será realizada com o intuito de obter novos avanços na negociação.

Deixe um comentário