Em café online, Fetralse apresenta suas ações dos últimos dois anos

Em café online, Fetralse apresenta suas ações dos últimos dois anos

Enquanto alguns encontros foram adiados, devido a pandemia, outros foram adaptados ao novo normal, e foi dessa maneira que a Federação das Empresas de Transporte de Passageiros de Alagoas e Sergipe (Fetralse) realizou no final de setembro (22 de setembro) deste ano o Café com a Fetralse. De maneira online, presidentes dos sindicatos filiados se reuniram para fazerem um balanço das ações da Federação envolvendo o transporte público coletivo, de fretamento e turismo. Foram debatidas questões importantes e apresentadas soluções relacionadas, inclusive, ao documento que os sindicatos pretendem apresentar aos candidatos às próximas eleições municipais.

O presidente da Fetralse, Alberto Almeida apresentou as ações desses dois anos da Fetralse (2018-2020), enfocando que instituição tem atuado incansavelmente pelo setor de transportes nos dois estados, inclusive com medidas de grande repercussão positiva desde o começo da Pandemia da Covid-19. “Não poderíamos deixar de nos reunir para debater o panorama do transporte nos dois estados. São avanços, desafios e muitos projetos para poder levarmos mais qualidade e segurança aos passageiros e aos próprios colaboradores do serviço de transporte em todas as áreas – transporte público, fretamento, turismo”, comentou.

Durante os quase sete meses de pandemia, a Fetralse, em parceria com os sindicatos, investiu na realização de ações de prevenção no transporte, tendo destaque a ozonização dos veículos, com equipamentos adquiridos e doados aos sindicatos pela Federação.

O presidente acrescentou como a Federação vem atuando para fortalecer o SestSenat (Serviço Social do Transporte e o Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte) para dar mais auxílio ao trabalhador e usuário do setor de transporte.

“Temos trabalhado no sentido de dar apoio e poder dar visibilidade ao SestSenat, uma entidade importante para todo a sociedade e não só para o setor de transporte”, conta.

Além disso, Alberto Almeida explicou a importância de os setores dialogarem com os candidatos desta eleição, no sentido de construir planos de Governo que incluam a mobilidade urbana, dando atenção a investimentos na infraestrutura, além de fontes de subsídios para o transporte.

“Foram debatidas questões importantes e apresentamos soluções no documento que a Federação pretende apresentar aos candidatos das eleições deste ano. Durante o Café a gente discutiu o que seria importante entrar nesse documento, para chamar a atenção para todos os planos de Governo, reforçando a transparência e buscando estruturar e dar fontes de financiamento para melhor funcionamento do sistema”, explica.

Deixe uma resposta