Programa Ambiental Despoluir entrega primeira leva do diagnóstico ambiental

Programa Ambiental Despoluir entrega primeira leva do diagnóstico ambiental

Das cidades visitadas em 2020, Arapiraca (AL) foi a primeira cidade a receber o arquivo de forma virtual

Administrado desde março de 2020 pela Federação das Empresas de Transporte de Passageiros de Alagoas e Sergipe (Fetralse), o Programa Ambiental Despoluir segue em 2021, estudando e articulando diversas estratégias para aproximar a Federação cada vez mais dos colaboradores do setor de transporte de passageiros e levar consciência ambiental.

Ainda em setembro do ano passado, o Despoluir trouxe o Diagnóstico Ambiental para uma visita nas empresas alagoanas e sergipanas, onde foi realizado um estudo sobre a realidade de cada garagem, sob supervisão das consultoras ambientais, Tatianne Perdigão e Yassodhara Brandão. 

Abril ficou firmado como o mês das entregas para cada localidade e Arapiraca (AL) foi a primeira contemplada com os resultados dos estudos. Além de ter sido realizada a entrega do relatório diagnóstico socioambiental das empresas de transporte coletivo RM Viação, Real Arapiraca e Viação Mãe do Salvador, de forma virtual, o momento também contou com uma troca de experiências entre a Fetralse e as empresas.

“O diagnóstico é feito através de levantamento socioambiental com o objetivo de avaliar o desempenho das empresas quanto à gestão ambiental e suas instalações de apoio, tendo em vista o cumprimento das legislações ambientais vigentes e a conscientização dos funcionários quanto às questões ambientais adotadas no processo de operação. Diante tamanho resultado, estamos satisfeitos em ter contribuído com as empresas e a Fetralse e o Despoluir seguem a disposição das empresas para o que elas precisarem”, aponta Alberto Almeida – presidente da Fetralse. 

Além da presidência da Fetralse, estavam presentes na entrega online a coordenadora do Despoluir Jeyne Almeida, os empresários Robson (RM Viação), Michel (Real Arapiraca) e Sislane Oliveira (Viação Mãe do Salvador), a assessora jurídica da Fetralse, Regina Ezequiel, as consultoras ambientais Tatiane Perdigão e Yassodhara Brandão,a gerente financeira da Fetralse, Elaine Lima, e o gestor do SestSenat Arapiraca, Eduardo Trindade.

Aracaju (SE) e Maceió (AL) serão as próximas cidades a receberem os estudos.

Deixe uma resposta